Procedimento:07.01.03.035-6 - LARINGE ELETRÔNICA PARA REABILITAÇÃO VOCAL
 
Grupo:7 - Órteses, próteses e materiais especiais
Sub-Grupo:1 - Órteses, próteses e materiais especiais não relacionados ao ato cirúrgico
Forma de Organização:3 - OPM em Otorrinolaringologia.
 
Competência:07/2021
 
Modalidade de atendimento:Ambulatorial
Complexidade:Não se aplica
Financiamento:Fundo de Ações Estratégicas e Compensações (FAEC)
Sub-Tipo de Financiamento:
Instrumento de Registro:APAC (Proc. Principal)
Sexo:Indiferente/Ambos
Média de Permanência:Não se aplica
Tempo de Permanência: 
Quantidade Máxima de execuções:1
Idade Mínima:228 meses
Idade Máxima:130 anos
Pontos:0
Atributos Complementares:
Valores:
Serviço Ambulatorial:R$ 2.227,16
Total Ambulatorial:R$ 2.227,16
Serviço Hospitalar:R$ 0,00
Serviço Profissional:R$ 0,00
Total Hospitalar:R$ 0,00

Clique sobre o icone   para obter detalhes.

CONSISTE NUM DISPOSITIVO ELETRÔNICO EM QUE A PRODUÇÃO VOCAL OCORRE POR MEIO DE VIBRAÇÕES TRANSMITIDA DESTE À FARINGE OU À CAVIDADE ORAL, TORNANDO A FALA INDEPENDENTE DA GERAÇÃO DE AR PULMONAR. INDICADO PARA A REABILITAÇÃO VOCAL DE PACIENTES SUBMETIDOS A LARINGECTOMIA TOTAL POR NEOPLASIA MALIGNA DA LARINGE QUE NÃO SE ADAPTARAM À REABILITAÇÃO VOCAL PRÉVIA COM VOZ ESOFÁGICA E PRÓTESE TRAQUEOSOFÁGICA.